SISTEMATIZAÇÃO DO PERFIL EMPREENDEDOR SOB A ÓTICA DO ALUNO DO ENSINO MÉDIO

Luciane de Oliveira, Roberto Carlos Dalongaro, Rafael De Grandis Turchielo Turchielo, Amanda Oliveira Ramadam

Resumo


O ensino do empreendedorismo tem provocado inúmeros debates, tanto sobre seus objetivos quanto técnicas, em termos de seus impactos e resultados. Sabe-se que o empreendedorismo está intimamente relacionado a habilidades e comportamentos pessoais. Neste sentido, com base em autores que são referenciados no assunto, pressupõe que o empreendedor individual tem entre suas características: iniciativa, planejamento, necessidade de realização, rede de relacionamentos, conduz e orientada para os resultados. O presente estudo está vinculado a um projeto de extensão, cujo objetivo é desenvolver o tripé de uma universidade: ensino, pesquisa e extensão. O objetivo do estudo é verificar o perfil empreendedor dos alunos no terceiro ano do ensino secundário e avaliar o desempenho desses alunos quando estimulados posturas empreendedoras.


Palavras-chave


Empreendedorismo. Perfil Empreendedor. Ensino do Empreendedorismo.

Texto completo:

PDF

Referências


BARON, R.; SHANE, S. Empreendedorismo - uma visão do processo. São Paulo: Thomson, 2011.

BARTOLOMEO, R. D.; STAHL, F. H.; ELIAS, D.C. A Importância do Ensino de Empreendedorismo para os Gestores de Recursos Humanos. REPAE – Revista Ensino e Pesquisa em Administração e Engenharia, v. 1, n. 2, 2016.

CHIZZOTTI, A. A pesquisa em ciências humanas e sociais. 5 ed. São Paulo: Cortez, 2001.

CORTELLA, M. S. Por que fazemos o que fazemos? Aflições vitais sobre trabalho, carreira e realização. Editora: Planeta, 2016.

DEGEN, R. J. Empreendedor: empreender como opção de carreira. São Paulo. Pearson Prentice Hall, 2009.

DOLABELA, Fernando. Oficina do Empreendedor: a metodologia de ensino que ajuda a transformar conhecimento em riqueza. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

DOLABELA, Fernando. O Segredo de Luísa. Rio de Janeiro: Sextante, 2008.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. 6 ed. São Paulo: Empreende/Atlas, 2017.

DRUCKER. Peter. F. O Gerente Eficaz. Editora Zahar, São Paulo, 1974.

FILION, L. J. Empreendedorismo e gerenciamento: processos distintos, porém complementares. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, 2000, 7(3), 2-7.

GARAVAN, T.; O'CINNEIDE, B. Entrepreneurship education and training programs: A review of and evaluation. Journal of European Industrial Training, v. 8, n. 8, p. 3-12, 1994.

GIL, Antônio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 5.ed. São Paulo, Atlas, 2010.

GREATTI, Ligia; GRALIK, Elisabeth; VIEIRA, Francisco Giovanni David; SELA, Vilma Meurer. Aprendizagem em Empreendedorismo dos Acadêmicos do Curso de Administração de uma Universidade Estadual no Sul do Brasil. XXXIV Encontro da ANPAD. Rio de Janeiro, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 nov 2017.

HENRIQUE, D. C.; CUNHA, S. K. Práticas didático-pedagógicas no ensino de empreendedorismo em cursos de graduação e pós-graduação nacionais e internacionais. Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 9 n. 5, 2008. Disponível em . Acesso em 10 dez 2017.

HISRICH, R. D.; PETERS, M. P. Empreendedorismo. 5. ed. Porto Alegre: Bookman, 2004.

INSTITUTO BRASILEIRO DE ESTATÍSTICA E GEOGRAFIA. Perfil das cidades gaúchas. Disponível em: Acesso em: 14 dez 2017.

IIZUKA, E. S.; MORAES, G. H. S. M. Análise do Potencial e Perfil Empreendedor do Estudante de Administração e o Ambiente Universitário: Reflexões para Instituições de Ensino, 2014.

MAN, T. W. Y. Exploring the behavioural patterns of entrepreneurial learning: A competency approach. Education e Training, v. 48, n. 5, p. 309-321, 2006.

MCCLELLAND, D. Characteristics of successful entrepreneurs. The Journal of Creative Behavior. v. 21, n. 3. p. 219-233, 1987.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4 ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

MAXIMIANO, A. C. A. Introdução à administração. 6. ed. rev. e ampl. São Paulo: Atlas, 2004.

ORTEGA, L. M. Programa Empreendedorismo-Escola: Influenciando a Uuniversidadepor meio do Tripé, ensino, pesquisa e extensão. RACEF- Revista de Administração, contabilidade e economia da FUNDACE. v. 7 ed. especial, 2016.

ROCHA, E. L. C.; FREITAS, A. A. F. Avaliação do Ensino de Empreendedorismo entre Estudantes Universitários por meio do Perfil Empreendedor. Revista de Administração Científica - RAC, Rio de Janeiro, v.18, n. 4, p. 465-486, Jul./Ago. 2014.

RIBEIRO M, F.; MOREIRA, R. N. Características do comportamento empreendedor dos professores de empreendedorismo de ensino fundamental de uma solução educacional. Revista de Administração da UNI7. Fortaleza, v.1, n.1, p.263-290, jan/jun. 2017.

SEBRAE. Disponível: .Acesso 20 maio 2018.

SILVA, J. F.; PENA, R. P. M. O “Bê-á-Bá” do ensino em empreendedorismo: uma revisão da literatura sobre os métodos e práticas da educação empreendedora. REGEPE - Revista de Empreendedorismo e Gestão em Pequenas Empresas, v. 6, n. 2, 2017.

SILVEIRA, M. B.; SANCHES, C. Formação empreendedora: Análise das características empreendedoras entre os estudantes do ensino técnico. Revista de Tecnologia Aplicada (RTA), v.6, n.3, p. 46-71, 2017.